A importância da Auditoria, Controle Interno e Gestão de Riscos para as melhores práticas de Governança Corporativa


Novos riscos surgem com novos tipos de estruturas corporativas e mudanças na tecnologia da informação. Muitos controles sobre informações e ativos tem sido comprometidos ou ate eliminados como resultado de processos de reengenharia, terceirização, downsizing e redução de níveis organizacionais.

Há diferentes tipos de riscos, com características diferentes em função do ambiente empresarial em que a companhia atua e das próprias características operacionais. Portanto, cada tipo de companhia tem um universo de riscos diferente. No novo contexto empresarial que vem emergindo, as organizações virtuais , com seus processos de produção e distribuição terceirizados, apresentam riscos específicos, mas administráveis, relacionados à satisfação dos clientes, à evolução tecnológica e ao controle de custos.

Para analisar, mapear e, principalmente, tomar decisões em termos de priorização e alocação de recursos para monitoramento e avaliação  de riscos, é recomendável que haja uma integração forte das áreas de Auditoria Interna, Controle Interno e Gestão de Riscos.

Auditoria Interna, Controles Internos e Gestão de Riscos são parte integrante do gerenciamento corporativo e asseguram os processos definidos pela alta administração.

Vale ressaltar que conhecer os procedimentos internos de uma organização; processos, seus clientes, seus fornecedores e seus colaboradores é mais que uma obrigação, é uma questão de necessidade e segurança organizacional.

Controles Internos, a Gestão de Riscos necessitam de revisões periódicas, pois falhas humanas, de sistemas, negligências operacionais, erros e fraudes podem acontecer a qualquer momento.

A aplicação de Melhores Práticas de Auditoria, de Controles Internos e da Gestão de Riscos como ferramentas de gestão eficaz e eficiente, pode minimizar perdas.

Anterior Teoria da desconsideração da personalidade jurídica
Próximo Reforma trabalhista entra em vigor nesta semana: Saiba o que muda na prática!
Diego Furukawa
Sobre o Autor

Diego Furukawa

Sem Comentários

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *