Regras Básicas para Elaboração de Papéis de Trabalho


Os papéis de Trabalho devem ser preparados de modo que apresentem os detalhes importantes. Uma auditoria envolve tantos detalhes, que itens importantes podem passar despercebidos, como resultados da elaboração imperfeita dos papéis. Por isso, os Papéis de Trabalho devem ser completos quanto a:

  • Informações e fatos importantes;
  • Escopo do trabalho efetuado;
  • Fonte das informações obtidas;
  • Suas opiniões e conclusões.

Os Papéis de Trabalho devem ser preparados tendo-se em mente seu completo entendimento por outro auditor que não teve ligação direta com o trabalho. É comum a consulta aos Papéis de Trabalho em anos posteriores para se prestar esclarecimentos ou informações sobre algum aspecto a área auditada.

Assim, podemos considerar nossos Papéis de Trabalho completos e perfeitos, toda vez que tivermos possibilidade de responder satisfatoriamente às seguintes questões, com relação ao conteúdo:

  • Os dados, fatos e informações estão colocados de maneira clara, concisa e bem distribuídos?
  • Todas as informações contidas nos Papéis são importantes para a formação de uma opinião sobre a área?
  • Todas as informações são necessárias para a perfeita visualização da profundidade do exame efetuado?
  • Na possibilidade de uma revisão futura por um elemento que não participou do exame, foram consideradas todas as informações úteis para permitir um rápido entendimento?
  • Todos os pontos do relatório possuem adequado suporte nos Papéis de Trabalho?
  • A omissão de alguma informação nos Papéis de Trabalho trará alguma conseqüência a curto, médio ou longo prazo?

 Fonte: E-book – Curso ao vivo – Documentação em Auditoria Interna


There is no ads to display, Please add some
Previous A importância da Documentação e Papéis de Trabalho em processos de Auditoria Interna
Next Divisão e arquivo dos papéis de trabalho de Auditoria

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *