Diferenças básicas entre Auditoria Contábil e Auditoria Operacional


A auditoria possui uma evolução histórica baseada na necessidade da verificação do patrimônio de entidades, pessoas e riquezas. Diversos períodos da historia contribuíram para o desenvolvimento do que conhecemos por auditoria. As entidades, nos dias atuais, por determinação legal, necessitam e têm o dever de prestar contas de sua gestão administrativa e financeira à sociedade. Possuem também a obrigação de prestar contas ao governo e a outros interessados no resultado apurado, como colaboradores, clientes e fornecedores, diante do papel social que as organizações possuem.

Auditoria é uma das técnicas da contabilidade utilizada para mensurar por meio de estudo e avaliação a adequação e a confiabilidade dos registros e das demonstrações contábeis. Consiste em exame de documentos, livros, registros e inspeções.

Obtenção de informações e confirmações internas e externas, obedecendo às normas apropriadas de procedimento. O objetivo da auditoria é verificar a adequação da situação patrimonial com observância de critérios estabelecidos e uniformes para permitir a emissão de parecer sobre a situação da entidade, assessorá-la em todos os seus setores e atividades, utilizando informações obtidas em seus controles internos e contábeis para auxiliar a administração em sua conduta para tomada de decisão.

Conforme Franco e Marra (1992, p. 22), auditoria pode ser definida como: A técnica contábil que – através de procedimentos específicos que lhe são peculiares, aplicados no exame de registros e documentos, inspeções, e na obtenção de informações e confirmações, relacionadas com o controle do patrimônio de uma entidade – objetiva obter elementos de convicção que permitam julgar se os registros contábeis foram efetuados de acordo com princípios fundamentais e normas de Contabilidade e se as demonstrações contábeis deles decorrentes refletem adequadamente a situação econômico-financeira do patrimônio, os resultados do período administrativo examinado e as demais situações nelas demonstradas.

Auditoria, em linhas gerais, é a atividade de verificação dos diversos procedimentos que envolvem as atividades, realizada por um especialista da área, que analisa o objeto ou entidade no que diz respeito a sua eficácia no desenvolvimento e cumprimento de sua atividade e desempenho, utilizando as evidências, a relevância e os riscos em seus diversos aspectos para, de forma independente, expressar uma opinião

Para Herzmann (2009, p. 29), a auditoria “pode ser entendida como o estudo e a avaliação das transações. Procedimentos, operações do dia-a-dia das entidades, com o objetivo de emitir sua opinião”. Desta forma, com podemos observar, há vários conceitos que definem auditoria e, para ficar ainda mais claro, vamos detalhar o que é auditoria externa e auditoria interna.

FonteE-book – Auditoria Interna Operacional, se preferir, temos o Curso online – Auditoria Interna Operacional

 


There is no ads to display, Please add some
Anterior Formação de Auditores Internos
Próximo Auditoria Interna em Recursos Humanos
Portal de Auditoria
Sobre o Autor

Portal de Auditoria

Sem Comentários

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *